Reflexologia em uma abordagem ocidental e holística

Reflexologia – corpo e mente, uma combinação da abordagem ocidental e holística

A reflexologia é um método de diagnóstico e tratamento de problemas físicos e emocionais por meio de massagem e pressão nos pés.
Todos os sistemas e órgãos do corpo humano são refletidos nos pés. Cada área e ponto nas pernas reflete um órgão e área específicos do corpo. Os pés são um reflexo do corpo.
As prensas e massagens especiais nestes pontos, permitem tratar e aliviar uma variedade de problemas médicos em todo o corpo, apenas através dos pés.
A reflexologia estimula a circulação sanguínea, melhora o funcionamento de vários sistemas do corpo, traz equilíbrio e ajuda o poder de cura natural do corpo e da mente.

A palavra reflexologia é dividida em duas:

Reflex Derivado da palavra Reflection em inglês, que significa reflexão – simboliza o reflexo do corpo, bem como da mente e do espírito nos pés. Além disso, Reflex em inglês significa reação – o que significa que tocar o pé causa uma reação no corpo.

Significado lógico, ciência.

Um pouco de história:

Há evidências de que já entre 2.000 e 3.000 anos atrás havia terapeutas por meio dos pés tanto no Extremo Oriente quanto no Egito.
O livro de Anita Diamant, A Tenda Vermelha, trata de tratamentos de parto e similares desde o antigo Egito.

A reflexologia de hoje foi fundada no início do século passado, quando o cirurgião Dr. William Fitzgerald, que conduziu vários estudos em seus pacientes, percebeu que pressionar diferentes pontos do pé leva ao alívio da dor ou à anestesia. O Dr. Fitzgerald chamou esse método de vários sistemas corporais.
Junto com o mesmo médico, trabalhava uma enfermeira fisioterapeuta chamada Eunice Ingham. Ela que aperfeiçoou e moldou o método da reflexologia ao método usado hoje e conseguiu provar que todo o corpo humano pode ser tratado pelos pés.
Foi a irmã Ingham quem deu ao campo o nome de reflexologia, criou o primeiro mapa de reflexologia e também escreveu o primeiro livro de reflexologia (histórias que os pés contam).

Como há uma conexão direta entre corpo e mente, a reflexologia funciona em uma combinação incrível em ambos.
Uma vez que os humanos fazem parte da natureza, a reflexologia reflete a natureza nos pés.

A natureza tem 4 elementos principais e a reflexologia mapeia esses 4 componentes e também seu reflexo nos pés:
O elemento terra, o elemento água, o elemento fogo, o elemento ar.

  • Solo – o elemento solo no corpo é da pelve para baixo. No pé, o elemento terra está localizado no calcanhar (360 graus).
  • Água – o elemento água no corpo vai da pélvis até abaixo do tórax (músculo do diafragma). No pé, o elemento água está localizado a partir do terminal do calcanhar até abaixo da almofada do piso (360 graus)
  • Fogo – O elemento fogo no corpo está abaixo do peito até o meio da garganta. No pé, o elemento fogo está localizado em toda a área do piso (360 graus).
  • Ar – O elemento ar no corpo vai do final da garganta à ponta da cabeça. No pé, o elemento ar está localizado em toda a área dos dedos (360 graus).

Cada elemento representa diferentes sistemas fisiológicos, bem como características pessoais:

  • O elemento terra – representa todos os ossos e dentes do corpo, estabilidade, raízes, determinação, confiança e autoconfiança, força e poder, crescimento, inclusão, fertilidade, hábitos, instintos, necessidades básicas do homem e do passado.
  • O elemento água – representa todos os fluidos do corpo, calma, fluxo, força, determinação, força de vontade, limpeza e pureza, clareza e clareza, rejuvenescimento, intuições, adaptabilidade, emoções e o presente.
  • O elemento fogo – representa todos os músculos e tendões do corpo, força, paixão, criatividade, calor, energia, fazer, ambição, toque físico, excitação, entusiasmo, dar e receber, respirar, paciência, paciência, amor, desejos de transformação material e no futuro próximo.
  • O elemento ar – representa o sistema nervoso, espiritualidade, clareza, serenidade, capacidade de ouvir, pensar, limpar, a maioria dos sentidos, otimismo, sonhos e fantasias, expressão, comunicação, compreensão e capacidade de analisar situações, pensamentos e o futuro distante.

De maneira ocidental, os vários órgãos do corpo humano comunicam-se entre si, funcionam em harmonia uns com os outros, passam informações entre eles e eliminam os resíduos.

Holisticamente, à semelhança do sistema linfático fisiológico do corpo, existe uma rede de canais energéticos entre os órgãos que drenam para os pés, onde existem os “tanques de drenagem”. Quando há um certo problema com um ou outro órgão, muitos resíduos se acumulam na “piscina de drenagem” e o corpo se esforça para descartar esses resíduos.

Os antigos viviam na natureza e andavam descalços no chão, pedras, areia, vegetação – os pés recebiam uma massagem natural e regular, e os restos dos pés eram transferidos para o solo.
Hoje, também andamos menos e quando já andamos, usamos sapatos e geralmente andamos em superfícies direitas.
Ao fazer isso, cortamos efetivamente a conexão dos pés com o solo e evitamos o aterramento no corpo.
Como resultado, há uma situação em que há produção de resíduos, mas não é possível fazer o seu descarte.

O desperdício de energia começa a se acumular e se transformar em pequenos grãos como areia. Com o tempo, os grãos se acumulam em “cristais”, que na verdade são cristais que estão abaixo da superfície.
Nesse ponto, a abordagem ocidental se encaixa, já que os “cristais” são conhecidos e reconhecidos na medicina convencional. Eles são bem sentidos pelo terapeuta e frequentemente pressioná-los é doloroso para o paciente.
Com a ajuda do tratamento de reflexologia, o terapeuta quebra os “cristais” durante uma massagem suave. Além disso, os bloqueios energéticos e fisiológicos se abrem e os resíduos são drenados pela corrente sanguínea, urina e outros sistemas para fora do corpo.

Desta forma, a reflexologia combina as forças do corpo e da mente e provoca um relaxamento que não é possível na vida diária, agora o corpo pode ativar seus mecanismos naturais de cura e trazer uma melhora no funcionamento dos vários órgãos.
Durante o tratamento de reflexologia, massageadores e pressão são aplicados em determinados pontos do pé, dessa forma, uma mensagem passa para o corpo e para o cérebro e inicia um processo de cura e liberação de bloqueios.
As pressões e massagens nos pés levam a uma melhor circulação sanguínea, dão vida e fortalecimento aos órgãos internos, permitem a limpeza e liberação de resíduos e toxinas do corpo pela sudorese, urina e atividade intestinal normal.

Além disso, essas massagens contribuem para o relaxamento dos músculos e fortalecimento do esqueleto, trazem uma carga de limpeza e cansaço da cabeça e, assim, auxiliam na cura do corpo doente mesmo em doenças graves.
O tratamento reflexológico acaba resultando no alívio da dor e no desaparecimento de vários sintomas dos quais o paciente se queixou.
Ao longo dos anos, a reflexologia foi reconhecida pela medicina convencional como um tratamento complementar e eficaz para uma variedade de problemas do corpo e da mente.
Hoje a reflexologia é comum em instituições médicas e hospitais e até constitui atendimento complementar em serviços de oncologia.

Gosto disso? Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email